Vídeos importantes

quarta-feira, 20 de junho de 2018

Alerta Vermelho: Elite aproveita mundial de futebol para fazer passar leis draconianas na internet na UE

A estratégi e a História repetem-se. É quando o povinho está de costas que é sodomizado pelos poderosos.

Veremos o que acontecerá. Consta que os posts poderão ser censurados em tempo real. Os browser incluirão filtros que impedirão os utilizadores de escrever certas expressões ou palavras.

O que as elites receiam é o humor que a inteligência artificial não entende.

Assim é possível fazer passar imagnes ou posts do tipo:
"Que maravilha que o crime/violações subiram em flecha desde a chegada dos muçulmanos"
ou "Que maravilha que os muçulmanos apliquem a lei da sharia" ou " Que bom que Hillary Clinton esteja ªa solta" etc. . .

Os cartoons animados ou não - memes (em inglês lê-se mimes) são juntamente com a ironia e o sarcasmo o medo da elite pois a inteligência artificial não conseguirá censurá-los, e provavelmente terão de ser aprovados por pessoas ao serviço do establishment.

Em qualquer dos casos se a lei passar poderemos enfrentar tempos mais difíceis..


https://www.infowars.com/watch-live-deep-state-on-the-run-comey-under-investigation/




sábado, 16 de junho de 2018

Trump elogia Matt Drudge

Trump elogia o criador do drdgereport.com (aos 13 minutos)
Esta é apenas mais uma grande vitória, que o presidente do país com mais poder militar no planeta elogie um dos media alternativos mais importantes no planeta: o drudgereport que anunciou a taxa de desemprego nos EUA mais baixa desde há 44 anos.
De facto o drudgereport tem cerca de 1 biião de visualizações por mês e tem sido responsável pela mudança de conhecimentos do americano médio e de todos os que consultam o site.
Alex Jones credita Matt Drudge como um dos pioneiros dainformação alternativa.

Na entrevista Trump defende-se com bastante assertividade das perguntas idiotas dos entrevistadores que continuam a tradição de fazer perguntas manipuladoras. O facto destas entrevistas passarem em todo o planeta é para nós motivo de grande alegrua.

Após defender-se -- era necessário? - do tratado que assinou com Kim Jong Un Trump atacou o ex directore James Commey que mentiu, atacou presstitutes como a CNN e o New York Times. E prossegue referindo a corrupção no país no FBIA,  Hillaru Clinton, insiste na necessidade de proteger as fronteiras do pais, de fazer reformas nas leis, e acusa os democratas de impedr-las.

(Embora todos saibamos que os republicanos estão igualmente ao serviço dos globalistas mas neste caso é óbvio que agora é a arma de arremesso possível de ser usada são os democratas)

Afirma que agora caso haja algum problema pode comunicar directamente por telefone com Kim Jong Un e que é um facto importante.

Termina afirmado que se perdeu a Crimeia porque Putin não respeitava Obama nem os EUA. Este é o Trump que desconhece a historia, ou que está a dar aos jornalistas um doce do tipo : "eu não discordo de todos os vosso dislataes, desde que isso não tenha a ver com a política nos EUA". Não sabemos, apenos o tempo o esclarecerá, tal como os ataques á Síria. Terão sido cedência a pressão dos globalistas ou foram de facto a sua intenção?


Os velhos paradigmas estão a colapsar, e embora reconhecendo que Trump não é perfeito, a verdade é qie as suas políticas são maioritariamente anti-globalistas.


https://www.infowars.com/check-top-of-drudge-trump-praises-great-gentleman-matt-drudge/

quinta-feira, 14 de junho de 2018

Noruega nomeia Donald Trump para candidato para prémio Nobel da Paz

Este é o artigo do infowars

https://www.infowars.com/great-again-norwegian-lawmakers-nominate-trump-for-nobel-peace-prize/


O artigo da presstitue portuguesa expresso que como é hábito deste tipo de desinformadores, tentam controlar e manipular a  opinião pública no sentido de denegrir o feitoconseguido por D. J. Trump.

Contudo gostaríamos de fazer a seguinte reflexão. A inversão dos valores em que vivemos é tção grande, a memória das pessoas e o seu QI médio tão escasso, que só assim se entende que um país que nunca atacou outro, tenha embora um regime não democrático ( A Coreia do Norte) tenha de ceder à vontade de outro país, este sim poderoso, mas com uma tradição de destruir de modo arbitrário regimes com os quais as suas elites não concordam e não lhes satisfaziam o seu sonho de governo mundial (os EUA).

Mas é este o estado evolutivo médio em que a humanidade se encontra e este tratado de paz assinado poderá ser uma mudança gigantesca na geopolítica.

Também gostaríamos de sublinhar que o prémio Nobel da Paz tem a sua reputação pelas tuas da amargura após ter sido conferido ao crimiinoso e globalista Henri Kissinger,  ao globalista e manipulador Al Gore, e ao pior presidente de sempre nos EUA: Barack Obama.
Lembremos que em 2016 sob a sua presidência foram lançadas 26171 bombas em 7 países.

https://internacional.estadao.com.br/blogs/gustavo-chacra/os-eua-com-obama-realizaram-26-171-bombardeios-em-2016/


Violou a lei e a constituição americana 78 vezes.

http://www.trueactivist.com/criminal-in-chief-78-times-president-obama-broke-the-law-during-presidency/


terça-feira, 12 de junho de 2018

D. J. Trump encontra-se com o líder da Coreia do Norte Kim Jong Un

Este é um momento histórico e daí a nossa motivação para retomar a actividade deste blog.
Vislumbra-se paz e menos um país vítima dessa fraude artificial, constructo da elite que dá pelo nome de comunismo, como aliás outros constuctos igualmente artificias (fascismo, teologia da libertação, ecologia, sustentabilidade).

https://www.youtube.com/watch?v=ShVfM8GuP80&pbjreload=10


Actualização:
O tratado de desnuclearização foi assinado e assim que o processo terminar, Trump afirma que as sanções contra a Coreia do Norte serão levantadas.

Por outro lado acabámos de saber através de Mark Dice que o basquetebolista Dennis Rodman
tentou criar uma cimeira já no tempo do presidente Obama. D. Rodmann foi convidado a visitar a Coreia do Norte há 5 anos, porque Kim Jong Un é um fã de basquetebol, e ter-lhe-á confessado que desejaria fazer um tratado de paz e ou desnuclearização.


Tendo em conta que Obama é um indivíduo bem ancorado no plano globalista da Nova Ordem Mundial. terá rejeitado a proposta que finalmente viu luz verde com D. J. Trump.
Rodman tentou por diversas vezes dizer a mensagem de Kim Jong Un a Obama que sempre se recusou a ouvi-la. Rodman terá então recebido diversas ameaças de morte e chegou a abandonar a casa para se sentir mais seguro.

https://www.youtube.com/watch?v=O6oRPxiNIDs&pbjreload=10


PS- Não deixa de ser delicioso como Mark Dice analisa, ver o ar de desapontamento do presstituto Chris Cuomo, da CNN quando vê Rodmann com o boné que elegeu Trump "Make America Great Again" (Tornar a América grande de novo) e quando se apercebe que afinal Rodman está do lado das políticas de Trump.

Presstitute Correio da Manhã desinforma portugueses

Nada de novo. O Jornal Correio da Manhã tem mantido a tradição de ser um dos jornais mais fracos de sempre procurando notícias sensacionalistas quando não de mau gosto.
Este post é apenas uma constatação de uma realidade velha em Portugal, é que notícias verdadeiras em geopolítica pura e simplesmemnte não existem.

https://www.cmjornal.pt/mundo/detalhe/trump-insulta-trudeau-e-rompe-acordo-no-g7

A foto contudo é sugestiva e sustenta o que afirmámos de que Trump terá tido negociações difíceis nos G7. As declarações de Trudeau revelam as de um globalista sem escrúpulos.

Actualização: Segue o link da análise do infowars

https://www.infowars.com/g7-fallout-trudeau-stabs-trump-in-the-back/

Trudeau no seu discurso,  parece estar convencido que os globalistas ainda podem ganhar, quando é cada vez mais óbvio que a Nova Ordem Mundial está no seu percurso de cair e despenhar-se. Não sabemos quando ocorrerá. Ainda poderão ser alguns anos, mas acontecerá.

Ainda assim poderá acontecer como com a queda do império da ex-União Soviética em que após a Perestroika de Mikhail Gorbachiov, foram apenas mais alguns anos até o muro de Berlim cair em 1989 e o regime Russo em 1991. Infelizmente substituído por governos subservientes à Nova Ordem Mundial à época.

As negociações de Trump pelo menos estão a reestabelecer uma igualdade no comércio entre os EUA e outros países, a trazer mais empregos para o país com uma taxa de desemprego como ná hvaia há décadas, sendo que os negros e os latinos têm a taxa de desemprego mais baixa de sempre, e a confiança económica está em alta.

Tudo objectivos contrários aos dos globalistas que desejam manter-nos pobres, dependentes de um estado que funciona mal, e com uma economia de mercado corrupta e controlada por eles em exclusivo.



domingo, 10 de junho de 2018

Trump no seu discurso na cimeira G7 propõe a abolição de barreiras, impostos e ausência de subsídios

O controverso chefe de estado, segundo a perspectiva dos meios de descomunicação, acaba de afirmar que:
 Queremos e esperamos que outras nações providenciem acesso a mercados justos para as exportações americanas e nós tomaremos as medidas necessárias para proteger a indústria e os trabalhadores americanos de tratados internacionais injustos que foram muitos, mas que lentamente e seguramente deixarão de existir .

Que foi falada a estratégia de desenvolver os países muçulmanos, de onde são originários os terroristas, a fim de que os seus cidadãos não precisam de emigrar e possam prosperar nos seus países.

Acusou os líderes do passado de terem permitido aproveitarem-se dos EUA em tratados prejudiciais para estes, e afirma que esses tipo de tratados irá mudar. Nomeia países onde os impostos sobre bens importados são de 100% como na Índia. O objectivo no curto prazo será o de baixar os impostos no processos de importações. E afirma que ou a NAFTA terá de ser renegociada ou, negociará em separado com o Canadá e com o México.


Trump em nosso entender está loge de ser perfeito a atestar por diversas das suas afirmações em relação à tortura a prisioneiros para obter informações sobre terrorismo, ignorando aparentemente os planos de lavagem cerebral MK Ultra e Monarch e o papel da CIA na protecção, treinamento, informação e a subsidiação via ONGs e outras organizações locais.

A sua postura em relação a certos aspectos da geo-política como o programa nuclear do Irão, demonstra a sua ignorância de modo geral, acusando este país de ser um pais perigoso por estar a tentar criar o seu próprio arsenal nuclear, fruto afinal do medo que os EUA impuseram como repressores de regimes não alinhados em todo o planeta.
A sua displicência ao afirmar que estaria bem para si que Julian Assange fosse preso, quando Assange e a wikileaks foram cruciais na sua eleição, parece ter sdo também um momento baixo na sua presidência juntamente com os dois bombardeamentos que mandou fazer à Síria sob falsas alegações, nas quais parece ter acreditado, de ataques com gás, e que se trataram apenas de psy-ops, sedo que a segunda nem sequer chegou a ocorrer.


Disso resulta também talvez a resposta evasiva de Trump sobre a anexação da Crimeia, na verdade com maioria de população Russa e trajectória história Russa, relegando a responsabilidade para Obama, como se fosse uma boa ideia Obama ter tentado impedir Putin de anexar a Crimeia.

Todavia pode ter sido uma resposta evasiva a um jornalista presstituto a mando do establishment.

Porém tem também a coragem de afirmar que acha que G8 com a Rússia faz mais sentido que G7 sem a Rússia.


Á pergunta do repórter  da CNN sobre a sua relação com os líderes de outros países  Trump afirmou por mais de uma vez que numa escala de zero a dez, a qualidade da relação era dez. Acusou o jornalista de fazer parte das notícias falsas e de que nessa matéria a CNN era a pior de todas.

Afirmou também que vai para o encontro com o líder da Coreia do Norte com grande positivismo, e que espera ser surpreendido pelo mesmo de modo positivo, poi trata-se de uma pessoa sobre a qual muito pouco é conhecido. Também admitiu que este encontro possa não ser bem sucedido e que seja necessário um processo mais longo para a negociação com Kim Jong Un.

Á pergunta de uma jornalista se a questão dos gulags na Coreia do Norte seria levantada, Trump respondeu que serão falados todos os assuntos.
Em nossa opinião o positivismo geral de Trump, é uma das armas do presidente para negociações que decerto não serão nada fáceis tendo em conta que todos os chefes de estado estão a mando das famílias de globalistas que todos os que estudam estas matérias conhecem.

A sua proposta de que os países do G7 possam negociar sem barreiras impostos e sunbsídios parece-nos um dos conceitos mais revolucionários que até agora anunciou, e precedente para um mundo diferente e melhor.

https://www.youtube.com/watch?v=xvgR1LvLjSY&pbjreload=10.