Vídeos importantes

segunda-feira, 23 de julho de 2018

Hillary Clinton ter-se-á encontrado com Vladimir Putin várias vezes

É Alex Jones quem nos relata que Hillary Clinton num livro editado em 2014 chamado "Hard Choices" - Escolhas Difíceis -- fala de uma conexão profunda em diversos encontros.

Quando foi secretária de estado permitiu que o seu marido Bill Clinton se encontrasse secretamente também com Putin.

A hipocrisia de H. Clinton é deste modo demonstrada. Afinal esta fulana -- senhora é um nome que está acima do seu status -- acabou por ser uma operacional para o governo Russo, tendo estado na origem da já há muito falada venda de urânio (mais de 20% do total produzido nos EUA) à Rússia. Esclareço que não estou contra Putin, que se limitou a defender os interesses do seu país.

Mas todas as acusações que Clinton tem feito contra Trump depois de ter agido deste modo revela bem sobre o seu carácter, e como de facto seria a melhor escolha da elite para avançar com a sua almejada Nova Ordem Mundial.

https://www.infowars.com/breaking-hillary-clinton-had-secret-meetings-with-putin-and-bonded-with-him/

https://www.youtube.com/watch?v=9Zy1lqErajM&pbjreload=10

domingo, 22 de julho de 2018

Provas acumulam-se de que o FBI está envolvido na morete de jornalistas e nos ataques de tiroteios em massa

A análise é do autor do filme "Os Mestres do Dinheiro" que chegou a ser candidato
à presidência dos EUA Bill Still.

Três comités da Casa dos Representantes intimaram a divulgação 1.2 milhões de cdcumentos durante os últimos dois anos dos quais apenas recebe  ram cerca de 3000.

https://www.youtube.com/watch?v=W7Vn7NzqOgk&pbjreload=10

terça-feira, 17 de julho de 2018

Breve análise da situação da Nova Ordem Mundial

Infelizmente queridos leitores, o tempo e a nossa situação de saúde não nos permitem passar muito tempo ao computador, pelo que reportartemos apenas os factos geo-polítocos mais relevantes.



Parece-nos que a luz da liberdade ao fundo do túnel se torna mais brilhante.  Estes dois homens tenham os defeitos que tiverem, parecem-nos muito bem posicionados para acordar numa nova era que será de prosperidade para o planeta. A Nova Ordem Mundial apenas resiste em feudos cada vez mais pequenos, nas mentes das pessoas pequenas e simplórias, e que sofrem de Síndrome de Estocolmo, para ser politicamente correcto, nos meios de descomunicação social, 
O novo partido anti-UE que surgiu na Finlância, a coligação esquerda-direita igualmente anti-UE que está em Itália, o Brexit, a tentativa de sair das malhas da opressão castelhana da Catalunha, as políticas e afirmações de Viktor Orbán na Hungria, onde não só rejeita as políticas da UE como denuncia o globalista George Soros, a ascensão de diversos partidos a candidatos como Marine LePen ou Nigel Farage fazem-nos ter muita esperança no futuro.  Serão ainda mais alguns anos,  mas será ainda em nossa vida que novas reformas surgiraão por todo o planeta de modo a libertarem-nos do jugo de uma classe de parasitas que provavelmente dominaram o planeta durante milénios.

Conferência Trump-Putin em Helsinkia

Trump afirmou que apesar de guerra fria os EUA e a Rússia foram capazes de manter o diálogo, mas que as relações entre ambos os países nunca tinha sido tão má como nos últimos tempos até há 4 horas. As presstitues fizeram as suas perguntas idiotas habituais, sobre os alegados conluis entre Trump e Putin. Putin respondeu muito bem que quando Trump esteve em Moscovo ele não soube do facto, e que os serviços de inteligência Russos não recolhem informações sobre os homens de negócios que visitam o pais.
Putin também respondeu muito bem à pergunta sobre a anexação da Crimeia, que cujo processo alega obedeceu às leis internacionais após referendo.

Este é um assunto infelizmente de diferendo entre ambos os presidentes. Não se sabemos se por ignorância de Trump, ou se por estratégia sua na qual por vezes faz concessões aos que lhe tentam barrar as suas acções.

As alusões a diálogo construtivo, colaboração estabilidade e paz foram múltiplas por parte de ambos os presidentes.

Ainda em relação às presstitutes Putin deixou soltar uma breve gargalhada no final de uma das questões, que revela muito para quem está atento, quando lhe perguntaram se tinha material comprometedor àcerca de Trump ou da sua família.

Putin argumentou de modo genial aparentemente revelando informações não conhecidas, de que os sócios de um tal Mr. Browder, gestor de hedgefunds agora procurado pela Interpol,  ganharam de modo ilegal 1.5 biliões de dólares, e conseguiram fazer chegar 400 milhões de dólares à campanha presidencial de Hillary Clinton, não representa a vontade do governo Russo. Tal como o dinheiro que George Soros tem investido em estratégias geo-políticas não representa o actual governo dos EUA.


Trump de resto respondeu de modo muito cordato, mas assertivo às perguntas idiotas dos igualmente idiotas jornalistas da Reuters e da AP. Esses processos em que a elite lhe tenta obstruir as acções por intermédio dos lacaios do FBI por exemplo foram referidos quando Trump afirmou:

. . . como presidente não posso toma decisões em política externa, num esforço feudal para apaziguar críticas partidárias, ou os media, ou os democratas que nada querem fazer excepto resistir e obstruir.

. . .  e se alguém ouviu o testemunho de Peter Strsok  nos últimos dias, eu estava em Bruxelas a ver, foi uma desgraça para o FBI, foi uma desgraça para o nosso país e dir-se-ia, foi uma total caça às bruxas, obrigado a todos" e assim concluiu a conferência de imprensa.


https://www.youtube.com/watch?v=1r0lfzLCNKw&pbjreload=10


A análise de Alex Jones sobre os 400 milhões dados à campanha de Hillary Clinton

https://www.youtube.com/watch?v=Fli8sZQ6WSE&pbjreload=10

artigo no infowars

https://www.infowars.com/putin-bombshell-deep-state-moved-400-million-from-russia-to-hillary-campaign/

segunda-feira, 9 de julho de 2018

Macron afirma que os Africanos devem de ser bem sucedidos em África

O presidente Francês, Emmanuel Macron não está a seguir o plano definido pela eite há muitos anos conhecido como Calergi. Este plano consisitia em manter os países muçulmanos na probreza e ignorância, depois desestabilizar esses países, criar hordas de imigração para os diversos países da Europa a fim de que pelo número desestabilizassem a sociedade, cultura e economia europeias.


Macron escrevo no seu twitter:
Estamos a enfrentar imigração. Ajudar África a ser bem sucedida é bom para a Europae para a França.


Na sua visita à Nigéria esta semana , afirmou "Precisamos que mais Africanos sejam bem sucedidos em África" e "Vamos construir casas para os jovens Africanos em África.
Segue a hiperligação para o infowars.

https://www.infowars.com/macron-walks-back-mass-migration-tells-migrants-to-succeed-in-africa/


A título de curiosidade já na cimeira dos G20, Macron tinha-se deslocalizado do seu lugar na photo de família para ficar ao lado de Trump, e até vemos no início do vídeo como entabulou conversa com o presidente americano. Terá sido simpatia de Macron por Trump e as suas políticas, ou desejava Macron persuadi-lo às manipulações dos globalistas. Ver vídeo abaixo.

https://www.youtube.com/watch?v=SQYu_i7vvSc


Apenas o tempo o dirá. sabemos como a história tem mostrado o quão vis conseguem ser as manipulações dos políticos. . . e das elites que os controlam. Se Macron estiver a ser sincero, prevemos problemas para si. Os ataques nos meios de descomunicação social iniciar-se-ão em breve.

domingo, 8 de julho de 2018

EsElite em Inglaterra tenta evitar que Nigel Farage se encontre com Trump

A entrevista de Farage à Fox News aqui em hiperligação a partir do ingowars:
Farage para além de acusar a elite governamental no seu país, analisa as transformações recentes na Polónia, Hungria, Itália e Austria e a tendência para o nacionalismo, protecção de fronteiras e de cultura.


https://newswars.com/farage-blasts-uk-officials-for-banning-him-meeting-trump