Vídeos importantes

domingo, 24 de abril de 2011

ONU distancia-se de previsão de refugiados devido ao aquecimento global

Lembram-se como após o climategate mudaram o título de "Aquecimento Global" para "mudanças climáticas"? Quão estúpidos as elites pensam que somos? Que é um problema o clima mudar?
Duuhh!


Depois de terem anunciado hem 2005 que haveriam 50 milhões de refugiados em todo o planeta devido ao aquecimento global no ano de 2010, e tal não se ter oncretizado, a ONU removeu-a do seu site.
Na verdade não só não se concretizou como a população cresceu nos lugares de onde se previam os fluxos migratórios.

Entretanto na sua tentativa de manter as populações sob o medo, para melhor as controlar, os mesmos alarmistas desta vez na ABC (Australian Broadcast Corporation) previram uma redução de 40% dos corais em 2010. O que não se confirma.

Mais AQUI

Esperemos que daqui a mais meia dúzia de anos 90% da população dos países industrializados já tenha os olhos abertos para a vigarice que foi o aquecimento global bem como a vigarice que é a ONU uma instituição globalista financiada com o dinheiros dos impostos de todos nós com o objectivo de nos escravizar.

Reflexão sobre a energia nuclear, radioactividade e o que nos espera no futuro

O mundo tal como o conhecíamos terminou com a descoberta e manipulação do átomo.  Palavras não literais de Einstein. Daqui em diante teremos de lidar com comida e àgua radioactivos. Pelo menos no hemisfério Norte. Soubemos de alguns desastres radioactivos. Chernobyl, Three Mile Island, Simi Valley . . . e secalhar outros houve de que nunca ouvimos falar. A sobre radiação não é decerto nova para a nossa espécie desde 1945. Porém nunca a uma tão grande escala tendo em conta que se prevê que a situação em Fukushima levará vários meses -- na pior das hipóteses anos -- a ser regularizada. O que significa que a radiação actual será multiplicada várias vezes até os reactores estarem controlados.

É altura de pensar de acordo com o que a natureza nos deu. Um magnífico cérebro que tem decerto muito mais capacidades que aquelas que usamos no dia a dia. Por exemplo a telepatia etá provada ser uma das nossas capacidades.

Pensar sofisticadamente, elaborando em cada cenário e hipótese, e nunca descartando qualquer cenário e hipótese só porque não encaixa com o que aprendemos ou com o que sabemos. . .
Talvez este seja o momento em que, seleccionados, apenas os mais inteligentes sobreviverão. Seria de resto um excelente purga dado os mais estúpidos terem contribuido sempre para a repressão e serem os lacaios das elites no que toca à aplicação de força bruta. . . nunca generalizando como é óbvio.

Pensar sofisticadamente é também admitir que se a energia nuclear fosse desenvolvida como deveria de ser, neste momento estaríamos muito avançados tecnologicamente . Não foi. Os globalistas sabiam que se dominássemos o àtomo a humanidade entraria numa época de abundãncia e riqueza. Tudo se fez -- particularmente a criação de movimentos eco-fascistas-- para para a investigação que nos conduziria ao domínio do àtomo falhasse. Nomeadamente a FUSÃO NUCLEAR. Não confundir com FISSÃO NUCLEAR. Esta é a que é usada actualmente e liberta resíduos que os movimentos verdes se encarregaram de chamar lixo a fim de demonizar um conteúdo que poderia ser reutilizado  e ir reduzindo o resíduo radioactivo após cada reutilização. A fusão nuclear é um processo totalmente diferente. Funde matéria atómica noutra matéria atómica e não só emite mais energia como é limpa sem resíduos radioactivos.

Mas mesmo o desastre em Fukushima era evitável. Vários engenheiros da General Electric que a construiram demitiram-se por considerarem que as regras de segurança estavam a ser violadas. AQUI

Continuamos a substimar a nossa INFINITA capacidade criativa. Focalizamo-nos no resíduo radioactivo, no perigo da radioactividade em vez de nos focalizarmos no nosso cérebro, capaz de criar soluções para todos esses problemas. . .  se nos permitirem.

Mas o globalistas não queriam que inventássemos essas soluções. Para os que se interessam
podem ler mais aqui em larouchepac.com  sobre estes assuntos particularmente o mito do lixo nuclear.

É tempo de acordarmos.
Deitar para o lixo o que aprendemos na escola e nos main strem media.
Virarmo-nos para o nosso interior e buscarmos o que temos de GÉNIO em TODOS NÓS.
Esqueçamos o que nos ensinaram. . . que éramos limitados e que génios só alguns.
Sobretudo há que esqueçer as lições dos verdes de que somos uma praga no planeta.
 . . .  as elites no comando sim, são a escumalha da nossa espécie. . . mas eles vão perder e serão julgados.
Finalmente temos de viver sem medo. As elites neste momento esrtão a perder a guerra da informação e usarão todos os seus truques para continuarem o processo de desestabilização social e económico que sempre usaram. O medo é a sua arma.

Mas a nossa provação fará de nós melhores seres humanos. Tempos conturbados nos esperam. E muitos serão incapazes de ver através das guerras, da escassez, da repressão e da violência, outras forças emergentes. Forças que no final triunfarão. O Universo é mais vasto-- infinitamente mais vasto -- que as mentes mesquinhas dos psicopatas que nos têm governado desde que nos instalámos como agricultores e o Estado Nação surgiu há cerca de 11000 anos. . . após o planeta aquecer.

As leis do Universo serão descodificadas pelos melhores de nós.
A selecção já começou. . .

Actualização sobre Fukushima, locais e comida contaminados -24/4/2011

http://thebovine.wordpress.com/2011/04/20/radiation-fallout-affects-food-safety/

Vejam também o vídeo.

Resumo
O hemisfério Norte já foi contaminado por Chernobyl.
Mas o pesadelo de Fukushima apenas começou. As suas consequências são verdadeiramente apocalípticas sobretudo e mais uma vez para o mesmo hemisfério.
Leite e produtos lácteos são os que mais facilmente absorvem radiação, bem como vegetais com folhas largas. Vegetais que crescem debaixo da terra como cenouras estão mas abrigados da contaminação bem como vegetais criados em estufa.

Água captada em ambiente subaéreo é mais propensa a contaminação.  Preferir água captada a profundidade.
Toda a àrea à volta do Japão e Pacífico está contaminada, incluindo Austrália. Os melhores produtos agrícolas são os que vêm da América Central (evitar os que vêm da parte do Pacífico) do Sul e de África.

As minhas palavras de encorajamento aos leitores no post acima.

sexta-feira, 22 de abril de 2011

Colapso na Economia e no Ensino: Charlotte Thomson Iserbyt

Charlotte Thomson Iserbyt numa das suas múltiplas entrevistas a Alex Jones. RESUMO da entrevista focalisando-a no sistema de ensino o que permitirá ao leitor/a perceber que a degradação dos sistemas de ensino em vários países do mundo não é apenas fruto do acaso ou mesmo de "incompetência" dos políticos.

Iserbit afirma o seu medo de Obama-- repare-se que a entrevista é de 2008/Outubro/10 quando ainda decorria a campanha eleitoral entre McCain e Obama.-- pois está ciente que os partidos são uma farsa e por isso não confia em nenhum político.  Obama ao revelar-se inteligente e grande orador  será seguramente um político perigoso. (nota nossa -- as mais recentes investigações àcerca de Obama começam a confirmar que tera começado a sua carreira como agente da CIA.)

Iserbyt denuncia que é intenção do sistema decidir o que cada cidadão poderá fazer para progredir na sua carreira eeventualmente  na carreira que o estado decidir para si. O objectivo é servir as empresas/corporações. Continua referindo-se como as elites querem construir uma sociedade do tipo da ex-União Soviética.

Jones adiciona como as elites sugam a riqueza da classe média e a dão aos banqueiros. As fugas de informação (Carol Quigley em Tragedy and Hope AQUI ) permitem-nos compreender como os banqueiros financiaram o regime da ex- União Soviética. Como nos anos 70, Robert Ash (?) fez um discurso prevendo que os países capitalistas colaborariam com os comunistas nos anos 90. Jones refere-se que o facto de Obama ter ascendência negra vai permitir às elites abusarem mais das pessoas -- sobretudo das minorias-- que pensam estarem protegidas por este presidente.
É referido como estes são seleccionados previamente pelas elites e Iserbyt sublinha que o sistema de educação lava o cérebro das pessoas e estupidifica-as.


Jones sublinha a crise (2008) como foi toda engenharizada e como um dos objectivos da escola, era para além da estupidificação das pessoas, também a destruição da família. Por outro lado a crise continua a não afectar os bancos que continuam fortes. Iserbyt refere-se como (as elites) são as pessoas que criaram a NAFTA (North America Free Trade Agreement AQUI  Nota Nossa o equivalente da União Europeia na América do Norte) e roubaram a indústria americana. Setenta e cinco por cento da economia é de negócios locais e  apenas vinte e cinco por cento faz parte da corrupção bancária. Sendo assim, estes ainda estão em minoria e  há razões para sermos positivos.

Iserbyt prossegue afirmando que ambos os partidos são semelhantes, e que não importa quem entra na Casa Branca, as políticas continuam a ser as mesmas. (Nota nossa-- curiosamente na Europa passa-se o mesmo)

Eisenhower foi o primeiro a assinar acordos com a ex-União Soviética, no pico da guerra fria, em todas as àreas incluindo a educação. Reagan foi o primeiro a assinar o grande tratado sobre a educação com a ex-USSR que fundiu praticamente os dois sistemas e mais recentemente George W. Bush fez um acordo com a UNESCO permitindo a esta organização (nota nossa-- pertencente à  corrupta ONU) dirigir a educação nos EUA.

Iserbyt descreve como o dinheiro dos impostos dos EUA ia para todos os lugares do mundo para mudar um sistema de educação baseado em conhecimento noutro baseado em performance, que implicava uma mudança radical mos valores das crianças, a começar pelos da família. Esta não quer decerto que as suas crianças venham a ser escravos. O processo começou principalmente com George Bush senior. Mas a Carnegie Corporation foi uma das pioneiras a implementar mudanças no ensino de modo a preparar as crianças para uma sociedade socialista/colectivista. Mais tarde Carnegie juntou-se a Rockefeller a partir de 1934.

Jones adiciona que "The National Banking Association" e outros afirmaram que os Americanos eram demasiado espertos e que era preciso estupidificà-los.


Na 3a parte Ch. Iserbyt contiua citando uma afirmação das elites "Não precisamos de doutores e de advogados. . . só precisamos de pessoas que trabalhem para nós." citação que está no seu livro.
Prossegue referindo um dos programas chave: "The Chicago Mastery Learning"[(Dominar a Leitura de (da Universidade de ) Chicago)] em 1968. "E isso foi o início do condicionamento de Skinner e Pavlov" (nota minha: referente a Ivan Pavlov ou AQUI em Português que estudou o reflexo condicionado. Pavlov como é documentado na biografia era altamente estimado pelas elites soviéticas e recebeu mesmo o prémio Nobel. Estão a conectar os factos? condicionamento. . . controle. . .e claro o prémio Nobel é a cereja no topo do bolo. . . sobre Skinner AQUI .

"Não há pensamento-- continua Ch. I. -- apenas condicionamento. Este método foi um total fracasso e foi mesmo referido pela revista "Education Week" como uma tragédia humana. Depois dos criadores deste método terem saído (da Universidade de Chicago) não se mudou uma única coisa. Continuaram a a fazer inovações e neste momento têm até escola diferentes, uma para crianças homosexuais e outra para crianças que não têm identidade (sexual).

Iserbyt conidera tudo isto satânico e até escreveu um artigo intitulado "The devil's seven prong fork" (O garfo de 7 bicos do Diabo que pode ler AQUI) e que considera ser o seu melhor artigo pos descreve como é que se chegou à actual situação num período de 100 anos. O artigo refere os enganos por detrás da semântica (O Acto Patriótico de G. W. Bush nada tem de patriótico por exemplo), como usam a dialética (cria-se um problema para depois se oferecer a solução), o gradualismo (coze-se a rã na panela muito lentamente até que ela morre e nem se apercebe disso. Se o fogo aumentasse rapidamente a rã saltaria para fora da panela), o controle nos partidos políticos, o controle do ensino a partir das Nações Unidas/Unesco etc. . .

Mais á frente na conversa Jones refere como o avô de Ch. I. fez parte de Bohemian Groove (a que já referi AQUI) e de "Skulls and Bones" (nota nossa -- um clube até há pouco temo secreto na Universidade de Yale no qual eram iniciados e recrutados os membros da futura elite política ou outra nos EUA. George Bush pai e filho e John Kerry são membros entre outros conhecidos).

Mais adiante Ch. I. refere Carol Quigley autor de "Tragedy and Hope" (Tragédia e Esperança) (AQUI) e pode fazer download do livro AQUI ou lê-lo online com crítica AQUI) (nota nossa: um dos biógrafos das elites cuja referida obra nos permitiu conhecer quais os seus planos) descreve como controlando-se os partidos políticos as pessoas têm a ilusão de que votando estão a escolher o que querem para o seu futuro, quando na realidade estão a escolher o que as elites querem. Tudo foi planeado, e nela estiveram instituições que estavam isentas de impostos (como as fundações Ford, Carnegie e Rockefeller). O seu objectivo era a fusão do regime da ex-URSS com os EUA, sendo que aquela era o Sistema Socialista Internacional com regiões.

AJ interrompe para afirmar como McCarthy ficou fulo quando descobriu que o exército, o Pentágona comandava tudo nos EUA, e foi apelidado de tonto bêbado, mas em 2003 (?) o NY Times publicou ficheiros desclassificados da ex-União Soviética e descobriu-se "eram todos agentes soviéticos, mas os soviéticos eram os nossos agentes" (sic).  Iserbyt confirma a promiscuidade "estiveram na cama com eles" (com os soviéticos).
No final AJ ironiza que os Americanos têm 70 de Qi médio e os Europeus 75.

site de Charlotte Thomson Iserbyt: http://www.deliberatedumbingdown.com/

quinta-feira, 21 de abril de 2011

Lord Monckton descreve o secretismo e a ditadura na UE

Eurocratas não eleitos - a comer e a roubar do dinheiro dos impostos dos trabalhadores europeus. Não esqueçamos que nenhum dos 2 presidentes da UE são eleitos

terça-feira, 19 de abril de 2011

Conhece o Inimigo: GreenPeace

As associações verdes como o GreenPeace são promotoras da agenda da Nova Ordem Mundial. No início o movimento tinha alertado a sociedade para problemas reais de poluição no planeta.
Porém após a sra Thatcher -- ex primeiro ministra britànica-- ter ouvido falar que o CO2 podia aquecer o planeta e como queria ver-se livre da pressão dos mineiros de carvão, decidiu dar dinheiro para provar que o CO2 aquecia realmente o planeta e assim poder desinvestir, ou ignorar a indústria do carvão. 
Após a quedad do muro de Berlim os comunistas que invadiram o ocidente apoderaram-se do GreenPeace e de outras associações congèneres.  Esta história é desrita no filme "The Global Warming Swindle".

As associações verdes neste momento embora ainda tenham algumas causas válidas -- como a caça às baleias e o ataque às florestas tropicais-- a verdade é que, entre outros disparates,  se mantêm no dogma do aquecimento global.

Mas analisemos o modus operandi do GreenPeace e associações similares quando defendem causas mais nobres como a caça às baleias e a desflorestação. Em vez de atacarem os banqueiros os oligarcas e as elites, vão atacar os madeireiros e os pescadores. Em vez de atacarem quem na verdade criou escassez no planeta vão atacar as pessoas que são vítimas dessa escassez e que têm poucas alternativas de vida senão fazerem o que fazem.

Aliás como poderia o GrenPeace e congèneres atacar os banqueiros os oligarcas e as elites? são exactamente estes que os subsidiam. Já aqui postamos sobre o World Wild Fund uma organização também com supostas intenções ecologistas mas que na verdade promove Eugenia. Foi fundada pelos príncipes da Holanda e da Inglaterra, membros que estão no topo da pirâmide da NOM.

Mas o que queria sublinhar neste post é que é importante é não nos deixarmos manipular por imagens e realizações vídeo que manipulam as nossas emoções e deixam mensagens claras, e outros menos claras subliminares. A música dramática as imagens rápidas -- que já se sabe serem usadas em pubicidade subliminar e em manipulação através de imagem-- as cenas mais ou menos chocantes, as cenas fabricadas, como a explosão brutal que seria visível por um satélite. . .

Essas mensagens deixam-nos vulneráveis a ideias como "temos de slavar o planeta" quando o planeta não precisa de ser salvo. O Homo Sapiens Sapiens sim precisa ser salvo pois estamos em grande perigo. Deixa-nos receptivos a que sejamos taxados pelo CO2 -- como acontece-- e várias manobras engendradas pelos gobalistas.

Porém o vídeo também engana pelo que não aborda. Por exemplo dos 100 000 produtos químicos que existem na indústria agro-alimentar (entre conservantes, embalagens, aditivos) e cosmética, apenas cerca de 5000 têm um perfil toxicológico definido. 

Decididamente para o GreenPeace e toda a escumalha eco-fascista este assunto não tem importância. . . aliás nunca os ouvi denunciarem a evidência da toxicidade do aspartame ou do monoglutamato de sódio e muito menos as companhias farmacêuticas. Nah!!! este grupos não incluem o Ser Humano na ecologia.
A isto acresce que são instituições que beneficiam de reduções nos impostos ou mesmo subvenções com impostos dos cidadãos. . . a vigarice não pára.
Sabiam que em Portugal uma grossa fatia do nosso deficit foi devido ao investimento em energias verdes? Pagas com o dinheiro meu e do caro/a leitor/a. Sim porque as mesmas não são rentáveis e têm de ser subsidiadas. . . mas podemos dormir tranquilos. . . afinal demos o noso contributo para salvar o planeta.

O seguinte artigo no blogue ecotretas é elucidativo AQUI o qual ainda aborda que acabamos por ter os preços de electricidade e combustíveis dos mais caros do mundo e que temos reservas de gás mas que ninguém fala sobre as mesmas e que o sr. Sócrates ainda quer implementar carros eléctricos em Portugal...

Temos de começar a abrir os olhos para estes manipuladores mor, lacaios das elites que sabem o que estão a fazer. . .  ou se não sabem serão o  que Alex Jonas chama de "idiotas úteis".

http://www.youtube.com/watch?v=zVu9eawb1QY

segunda-feira, 18 de abril de 2011

Como se prendem porcos selvagens

 Um homem observou que porcos selvagens iam comer no seu terreno todos os dias.
Então um dia  colocou uma cerca em linha reta no lugar do pasto. A fim de algiuns dias os porcos habituaram-se. Então o homem começou todos os dias a tornar a cerca cada ve mais circular. E os porcos iam todos os dias entrando na àrea de pasto por uma entrada cada vez mais estreita. Quando esta estava com cerca de 1.5m de largura e os porcos já estavam habituados à mesma o homem instalou uma porta. E uma manhã estav à espera deles escondido. Os porcos incautos entraram na cerca e apºos todos se encontrarem lá dentro o homem fechou-os.

Assim tem sido a história do Homo Sapiesn Sapiens desde que nasceu o Estado Nação. As eltes a pouco e pouco vão ganhando poder e vão escravizando o povo. Essas elites podem ser depostas por outros, ou o povo revolta-se ou há convulsões naturais ou doenças mas quando o poder é reinstaurado tudo começa de novo.

A administração Obama prepara a tomada da internet. Primeiro é apenas para dar às pessoas segurança nas suas transacções económicas e/ou com instituições. É apenas o instalar da cerca. Quem já percebeu como a história funciona sabe o que vem a seguir.
Os EUA será apenas o início. A seguir será na Europa.

Afinal de contas penso que é tempo de pensarmos se queremos permanecer no estágio de porcos selvagens ou de Sapiens Sapiens verdadeiros.. . . peo menos Sapiens Sapiens com dignidade.

Link pra o vídeo em baixo.
Não se esqeçam de fazer o polegar para baixo. O vídeo tem muito mais dislikes que lkes. e depois fazer flag as inappropriate, abusing vulnerable individuals-- como eu fiz-- ou algo que acharem aproprado.
To English readers do not forget to push dislike and flag video as inappropriate, abusing vulnerable individuals or something other you think is appropriate.

http://www.youtube.com/watch?v=ATbQnT0MSlM&feature=player_embedded

terça-feira, 12 de abril de 2011

Não há ainda massa crítica para fazer uma revolução

Estou muito triste. O FMI entrou no meu país. A partir daqui quem conheçe os princípios básicos do sistema monetário sabe o que nos espera.
Atempadamente fiz um vídeo aquando da aprovação de um dos orçamentos rectificativos em Novembro de 2010, esperando alertar com ele cidadãos empenhados na luta pela sua liberdade e bem estar.

Infelizmente o vídeo não se tornou viral, e à data deste post conta com pouco mais de 640 visualizações. Isto quer dizer que 99% das pessoas que viram este vídeo não lhe deram importância. Preferiram acreditar nos main stream media. Nos telejornais com jornalistas homens e mulheres bem apresentados e produzidos, com cenários coloridos e sofisticados, com imagens que se movem em ecrãs gigantes, com imagens que vão e vêm rapidamente mas que cujo conteúdo é nulo, e pior ainda, é falso e manipulador.
Cederam ao impacto dos main stream media. . . ACORDEM. Não vêm que tudo isso, jornais e revistas bonitos com belas encadernções, telejornais com todo aquele tipo de embrulho se destinam somente a vigarizar-vos?
E depois. . . será que um vulgar cidadão, mas que investigou honestamente o sistema monetário/financeiro e percebe a vigarice que esconde atrás do mesmo e que alerta outros cidadãos é credível?
Bem podiam dar-me pelo menos o benefício da dúvida.

Ibfelizmente para todos nós o tempo está a vingar-me. . . a mim e a todos o sque têm lutado pelo esclrecimento deste sistema cleptocrático:
O FMI está aí.

Será que vão redescobrir este vídeo e considerar esta informação e outra, seriamente -- pois tem propostas concretas reais e fazíveis ainda por cima-- quando o vosso salário for reduzido 20 a 40%? quando os impostos aumentarem mais 20 a 40%. . . quando perderem o vosso posto de trabalho? quando os serviços de saúde, e outros serviços públicos estiverem 20 a40% mais degradados. . .?

. . . estou muito triste. . .


sábado, 9 de abril de 2011

"Carta à Classe Dominante" de Jesse Ventura

O activista, jornalista e X-governador Jesse Ventura acaba de criar um site "não temos tempo para sangrar"


e nele escreveu uma carta às elites que transcrevemos.

Carta à Classe Dominante


Vocês controlam o nosso mundo. Vocês envenenaram o ar que respiramos, contaminaram a àgua que bebemos, e criaram direitos de cópia  na comida que comemos. Nós lutámos nas vossas guerras, morremos pelas vossas causas, e sacrificamos as nossas liberdades para vos proteger. Vocês destruíram as nossas poupanças, destruíram a classe média, e usaram o dinheiro dos nossos impostos para resgatar a vossa ganância sem limites. Nós somos escravos nas vossas empresas, zombies das vossas emissões de radio, servos para a vossa decadência.

Vocês roubaram as nossas eleições, assassinaram os nossos líderes, e aboliram os nossos mais básicos direitos como seres humanos.. Vocês detêm as nossas propriedades, exportaram os nosso empregos, e destroçaram os nossos sindicatos. Vocês aproveitaram-se de desastres, desestabilizaram as nossas moedas, e aumentaram o custo de vida,  vocês monopolizaram a nossa liberdade, destruíram a nossa educação, e quase extinguiram a nossa chama. Fomos atingidos. . . estamos a sangrar. . . mas já não temos tempo para sangrar. Faremos os gigantes ajoelharem-se e vocês testemunharão a nossa revolução.


Original:
Letter to the ruling class

You control our world. You’ve poisoned the air we breathe, contaminated the water we drink, and copyrighted the food we eat. We fight in your wars, die for your causes, and sacrifice our freedoms to protect you. You’ve liquidated our savings, destroyed our middle class, and used our tax dollars to bailout your unending greed. We are slaves to your corporations, zombies to your airwaves, servants to your decadence.

 You’ve stolen our elections, assassinated our leaders, and abolished our basic rights as human beings. You own our property, shipped away our jobs, and shredded our unions. You’ve profited off of disaster, destabilized our currencies, and raised our cost of living. You’ve monopolized our freedom, stripped away our education, and have almost extinguished our flame. We are hit… we are bleeding… but we ain’t got time to bleed. We will bring the giants to their knees and you will witness our revolution!

quinta-feira, 7 de abril de 2011

Conhece o inimigo / Know the enemy C I A

Estava a terminar o post do artigo que traduzi recentemente de Webster Tarpley sobre as revoluções coloridas no Médio Oriente e tentei postar o artigo a partir do meu blog no faceboon com o título: Conhece o inimigo:  CIA várias vezes tentei e sempre surgiu a imagem aqui junta que se pode traduzir por: esta mensagem contém conteúdo bloqueado que foi previamente assinalado como abusivo ou spam. deixe.nos saber se é apenas um erro.
Depois fiz este post e mais uma vez tentei do blogue colocá-lo no FB. A mesma coisa. Só fazendo o paste do link consegui. 

Em qualquer dos botões que carregasse nunca consegui postar este título. Retirem as vossas conclusões.

I was finishing the post about Trapley's article that I translated recently on cloloured revolutions on the Middle East, and I tried to post it from my blog into the facebook with the title: Know the enemy CIA. The message on the image here appeared every time I would try to post it on the FB wall, and pushing any button wouldn't allow me to post it. Then I made this post and tried to post it again at FB, and the same message appeared.
Make your own conclusions.

AL QAEDA: INSURREIÇÃO DOS PEÕES DA CIA DESDE A LÍBIA AO IÉMEN

AL QAEDA: INSURREIÇÃO DOS PEÕES DA CIA DESDE A LÍBIA AO IÉMEN

De: Webster G. Tarpley

Washington DC, 3 de Abril – Depois de duas semanas de ataque imperialista, a Líbia está a ser destruída por terroristas da Al Qaeda, guerra civil, ataques aéreos da NATO, VANTs (veícuos aéreos não tripulados) predadores e aviões c-130 – tudo graças aos rebeldes da Al Qaeda de Cyrenaica apoiados pela CIA. Comandos dos EUA, Inglaterra, França e Holanda tomaram o comando das forças rebeldes, e estão a armá-las com armas modernas em violação flagrante da resolução de 1973 sobre o embargo de armas especificado pelo Conselho de Segurança das Nações Unidas.
A al Qaeda também está a roubar armas por sua conta, como o presidente do Chade reportou. A esperança da retórica desta revolução colorida (nota 1) idiota dissolveu-se, expondo a hedionda realidade de um desejo brutal, cínico e imperialista para destruir o moderno estado-nação.


Triumvirato Rebelde do Terror Reina em Darna

De acordo com o Daily Telegraph de Londres de 26 de Março, Darna (também pode escrever-se Derna ou Darnah) uma cidade chave no coração entre Benghazi eTobruk,é comandada por al-Hasidi,um terrorista controlador da al Qaeda que treinou e privou com Osama bin Laden no campo terrorista de Khost no Afeganistão. Hasidi gaba-se de ter mandado 25 combatentes combater as forças dos EUA e NATO no Afeganistão; perguntam-nos quantos conseguiram matar.
Hasidi foi um prisioneiro de guerra dos EUA depois de ter sido capturado pelos Paquistaneses, mas diz ao Wall Street Journal em 2 Abril que agora odeia os EUA “menos do que 50%” sugerindo que os Americanos podem redimir-se aplacando a al Qaeda com armas, dinheiro, e suporte diplomático. A seu lado na liderança da cidade está Sufian bin Kumu, o chofer de Osama bin Laden, outro terrorista que foi colega na Baía de Guantanamo durante seis anos. Entre os pais fundadores da cidade de Darna também está al-Barrani, um membro devoto do Grupo Islâmico de Combatentes Líbios, que se juntou à al Qaeda em 2007.

Este bando de desordeiros, psicóticos, e criminosos é financiado pela CIA como uma eficaz elite dominante no futuro da governação democrática da Líbia. Na verdade, o conselho rebelde de Benghazi, pesadamente engordado com terroristas da al Qaeda, apenas pode presidir à queda do país num caos de tribalismo, senhores da guerra, e sindicatos criminosos que trarão o fim da própria civilização na àrea.
Parece ser precisamente este o objectivo da política dos EUA, e não apenas na Líbia.
.

Darna, Nordeste da Líbia: a Capital Mundial do Recrutamento Terrorista

Estas pessoas não são atípicas. Um estudo de Dezembro de 2007 da Academia Militar dos EUA em West Point mostrou que a Líbia (7 milhões de população) providenciou 20% de todos os combatentes da al Qaeda através da fronteira Síria para o Iraque à época. A mesma cidade de Darna (60 000 de população) foi só por si o maior centro de recrutamento terrorista no mundo, ultrapassando Riad, na Arábia Saudita (4.5 milhões de população); a capital rebelde de Benghazi também está colocada entre as quatro maiores. A Líbia mandou duas vezes mais terroristas para o Iraque per capita do que a Arábia Saudita, e 85% dos Líbios que escolheram uma especialidade escolheram a de Bombistas Suicidas..
O Economist de Londres, a BBC Newsnight, e um crescente número de patos bravos promotores de guerra pro-Obama estão a tentar obscurecer os factos tal como são. Estes agora são terroristas bonzinhos, pluralistas e democráticos, dizem eles. A operação usual e limitada da CIA conhecida como Wikileaks forneceu adequadamente umas mensagens doutourais alegando mostrar que foi o apoio dos EUA a Kaddafi que levou estes fanáticos ao desespero e ao terrorismo-- o que é também parte do plano da CIA. A 1 de Abril, os rebeledes de Benghazi usaram a presença dos media nas orações de sexta-feira para mostrar sinais negando que a rebelião era conduzida pela Al Qaeda. Se assim for deixem-nos expulsar o triumvirato de terror de Darna, e revelar os nomes das dúzias ou de mais membros anónimos do conselho dos rebeldes que são suspeitos de pertencer à Al Qaeda.


Hillary Clinton reconhece que não tem “100% de conhecimento” sobre os rebeldes, e o almirante dos EUA Stavridis, comandante da NATO, disse ao Senate Armed Services Committee que vê apenas uma “chama distante” da Al Qaeda. Na verdade o papel central da Al Qaeda não é o de uma chama distante mas é brilhante como o sol do meio dia sobre o Mediterrâneo.

Quatro pragas na Líbia


A insurreição na Líbia tem quatro componentes. A primeira é providenciada pelos Ingleses, e consiste nas tribos monárquicas e racistas de Harabi e Obeidat do corredor Benghazi-Darna-Tobruk, cuja cultura tradicional é a do obscurantismo da Ordem Senussi. Durante a resistência ao colonialismo Italiano estas tribos aliaram-se com os Ingleses e eram premiadas vendo a liderança da Ordem Senussi colocada no trono na pessoa do rei Idris I, que foi apeadao por Kaddafi em 1968. Privados do seu papel de monarcas da classe dominante, estas tribos odeiam os negros ou todas as pessoas de pele negra pro-Kaddafi das tribos Fezzan do sudoeste da Líbia, e isto tem levado a vários linchamentos e massacres de muitos Africanos negros do Chade, Mali, e Sudão trabalhando na Líbia, que os media ocidentais ignoraram. Enan Obeidi, a mulher que alega ter sido violada pelas forças de Kaddafi, é uma Obeidat de Benghazi, e isto coloca a sua história sob suspeita. Para os media, é uma nova edição da farsa dos bebés nas incubadoras do Kuwait em 1990 (nota 2), feita para atiçar a histeria de guerra contra Kaddafi.

Dois ingredientes vêm da CIA. Todos são da Al Qaeda, fundada como a Legião Àrabe da CIA contra a Rússia pelo então deputado director da CIA Robert Gates-- o actual Secretário da Defesa-- no Afeganistão em 1981-82. Outro ingrediente da CIA é a Frente Líbia de Salvação Nacional, sediada primeiro no Sudão e depois no Norte da Virgínia que está supostamente a enviar o valioso Khalifa Hifter da CIA para liderar os militares rebeldes, provavelmente para cobrir a presença dos tipos da Al Qaeda.

Um quarto componente vem da contribuição dos Franceses, que montaram a queda de um associado de topo de Kaddafi, Nouri Mesmari no passado outono, tal como reportado pelo Maghreb Confidential. A claque de generais à volta de Mesmari ajudou a fomentar motins contra Kaddafi no nordeste da Líbia.

E a Líbia não é única. No Iémen, operacionais da Al Qaeda são componentes decisivos da tentativa de golpe da CIA contra o presidente Saleh, que os EUA promovem de modo a fragmentar o Iémen em dois ou mais estados menores. Aqui o líder da Al Qaeda é al-Shihri, um Saudita que foi libertado juntamente com vários colegas de Guantanamo e mandado para o Iémen pela administração Bush, alegadamente como gesto humanitário, mas na realidade para providenciar liderança para a próxima desestabilização.
Também no Iémen está o nascido Americano Anwar Awlaki, conhecido no meio como “Awlaki o lacaio da CIA”, um óbvio agente duplo que que tem sido usado para dar à Al Qaeda o selo de aprovação a dúzias de terroristas incluindo os seis de Fort Dix, o Major Hasan de Fort Hood, e Mutalab da Nigéria, o bombista do Natal de 2009.

Na Síria, o objectivo CIA é privar o Irão de um aliado, para isolar o Hezbollah, e expulsar a Rússia da estação naval de Tartus, e construir o poder da Irmandade Muculmana, que é a força principal até agora a promover a insurreição.


Peçam ao Departamento de Estado para Explicar
Porque é que os EUA estão a Armar os Terroristas da Al Qaeda

O Primeiro Ministro Turco Erdogan avisou acertadamente contra a política da NATO de armar os rebeldes Líbios, uma vez que isto poderia “conduzir a terrorismo”. O Ministro dos Negócios Estrangeiros Russo Lavrov também condenou qualquer ajuda militar da NATO aos rebeldes. O pedido de cessar fogo do Papa Bento XVI vai na mesma direcção. A Rússia, Turquia, China e outros governos devem pedir formalmente explicações ao Departamento de Estado porque é que os EUA estão a dar aos mais perigosos terroristas internacionais armas modernas e treino, enquanto se propõem premiá-los com grandes quantidades dos 32 biliões de dólares dos fundos congelados do governo Líbio, mais a participação nos lucros de venda de petróleo. Isto é o suficiente para que o Mediterrâneo, o mundo Àrabe, e o Sul da Europa fervam com refugiados, pirataria, rebeliões, e guerra.


Sob Bush e Cheney, a alegada presença da Al Qaeda foi usada como um pretexto para bombardear e invadir. Sob Obama, o moribundo e enfraquecido imperialismo Anglo-Americano está a usar a Al Qaeda como a sua infantaria irregular num esforço para assediar e danificar as nações-estado no mundo, desintegrando-as em caos tribal, sectário, criminoso e senhores de guerra. Na fase actual, a Al Qaeda recomeçou o seu estatuto inicial como guerrilhas da CIA. Se é cético, veja na cidade de Darna na Líbia.


Nota 1 (revolução colorida) – uma revolução falsa provocada e apoiada por serviços secretos a fim de instalar um regime fantoche ou desestabilizar a àrea.

Nota 2 – para atiçar a invasão ao Iraque (em 1991) alegou-se falsamente que os Iraquianos estavam a matar crianças nos hospitais do Kuwait desligando-as das incubadoras.
 
Este artigo encontra-se no seu original em Inglês no site : http://tarpley.net/

actualização a 14 de Abril de 2011- é com satisfação que constato que W. Tarpley adoptou a minha tradução do seu artigo que pode ver-se aqui  a que se encontra já postadas em diversos blogues em Português

quarta-feira, 6 de abril de 2011

Lei das sementes na UE: PERIGO

Recebi o email abaixo que transcrevo na integra por acahr que quem o fez estudou bem o assunto que merece toda a nossa atenção. Já neste blog havia postado sobre o Codex Alimentarius da ONU e tal com previ este seria transposto para a UE.
Um conclusão é urgente retirar. OS EUROCRATAS SÃO UMA CAMBADA DE CORRUPTOS QUE NÃO ESTÁ PREOCUPADA COM A SAÚDE, DIREITOS E LIBERDADES DOS CIDADÃOS QUE SUPOSTAENTE REPRSENTAM E É URGENTE TERMINAR COM ESTA UNIÃO EUROPEIA.
________________________________________

Peço a sua/tua atenção:

Data: Abril 2011


Está a ser proposto na UE a proibição do comércio de sementes, e produção de
bens alimentares derivados destas, de todas as variedades que não estejam
patenteadas.
Em simultâneo, está a ser proposto um modelo de patenteamento que, devido
aos critérios a que obriga, invalida na quase totalidade o patenteamento das
variedades tradicionais.
Esta lei irá sobrepor-se às leis da cada país da Comunidade, não sendo
opcional.


As variedades tradicionais não são mais do que as sementes que os vossos
avós e seus antepassados conheceram. São as sementes que produzem vegetais
dos quais se podem recolher as sementes e continuar a semear geração após
geração.
São ainda aquelas que foram seleccionadas, ao longo de várias gerações de
agricultores, para terem maior produção e melhor sabor (só para mencionar
algumas das características que se podem seleccionar), promovendo também a
diversidade de variedades.
Estas sementes têm ainda uma maior riqueza genética, o que torna as plantas
mais capazes de se adaptarem a condições adversas, pois já algum dos seus
antepassados terá vivido e ultrapassado essas dificuldades.

Não é surpresa que sejam as grandes corporações de produção de sementes
geneticamente modificadas e do tipo híbrido F1 os maiores impulsionadores e
conselheiros tanto da proibição da comercialização como da definição dos
critérios para patenteamento de sementes.

As sementes do tipo híbrido F1, exactamente opostas às tradicionais, não
permitem o uso da semente geração após geração. Ao colher um vegetal
crescido de uma semente F1, o uso das suas sementes resultará num conjunto
de plantas pouco homogéneas em termos de sabor, aparência e produção e
consideravelmente mais frágeis.

Isto significa que, todos os anos, o agricultor tem necessidade de comprar
novas sementes.

As alterações propostas são suportadas pela afirmação de que será o melhor
para a defesa do consumidor sob forma de controlo de segurança e qualidade
alimentar.

No entanto, as consequências desta mudança podem ter implicações muito
graves:

  - Para os pequenos agricultores, uma vez que ficam obrigados por lei a
adquirir os produtos destas empresas e a vender exclusivamente as variedades
que elas disponibilizam;

  - Para o consumidor, que vai deixar de ter acesso a um grande número de
variedades vegetais;

  - Para a natureza, uma vez que não sendo plantadas, todas as variedades
tradicionais irão eventualmente desaparecer para sempre;

  - Para a humanidade, pois a sua alimentação fica dependente da
disponibilidade de sementes produzidas por estas empresas. Quando estas
desaparecerem deixa de haver agricultura!


Inúmeros estudos científicos, exceptuando, naturalmente, aqueles
encomendados por estas mesmas empresas, são do conhecimento público e
contra-indicam as alterações que estão aqui em causa.
No entanto, o poder do capital terá a última palavra, se cada um de nós não
falar mais alto.


Fica a sugestão de reflexão neste assunto e caso considere(s) que merece
atenção:
  - Leia/lê o PDF em anexo que explica o assunto melhor do que eu sou capaz
e tem um maior número de referências; também disponível em
http://www.seed-sovereignty.org/PDF/briefing_SOSementes.pdf
  - Passe/a a informação a seus/teus conhecidos;
  - Participe/a na petição que está actualmente em curso para impedir esta
manobra:

http://www.no-patents-on-seeds.org/en/recent-activities/open-letter-members-
european-parliament-and-european-commission


Agradeço a atenção,

João Vidal da Silva

Qual o lugar mo planeta com presidentes não eleitos?

A pergunta pode parecer estranha mas há um lugar no planeta que tem 2 presidentes não sufragados pelos seus eleitores. Que país é?
Hummm!! é mais grave que isso. Não é um país!! são vários países. Trata-se da UE. Aqui temos 2 presidentes. Eu não votei em quqlquer um deles e aposto que o leitor/a também não.

Mas o assunto começa a ser discutido, pois para além das mordomias que os Eurocratas acumulam com o dinheiros dos contribuintes de toda a União, adicionar-se o seu falhanço económico e agora a questão das liberdades e da democracia.

Á perguta da estudante polaca se estaria de acordo com o eurodeputado Nigel Farage de que não existe democracia na Europa, Van Rompuy afinal de contas responde algo irritado que dizer que a "Europa não ser democrática é quase uma mentira". . .  o que a meu ver é muito mais que uma quase verdade.

Mais no site We Are Change AQUI

segunda-feira, 4 de abril de 2011

A batalha da informação -INFOWAR- cada vez mais ganha

Alex Jones tem cada vez mais visitantes nos seus sites infowars.com e prsisonplanet.com. São milhões por dia. O jornalista e resistente diz que não é por ser esperto mas apenas por dizer  a verdade. Recentemenete esteve no program de fofoquices "THe View" a defender Charlie Sheen -- postado nest blog -- saiu um artigo sobre si na Rolling Stone AQUI e agora é capa da revista "Talkers Magazine" (AQUI) e será orador na "New Media Seminar 2011"
MAIS AQUI

Mas não tenhamos ilusões. A guerra está longe de ganha. As feras são mais perigosas quando feridas e encurraladas. Os globalistas vão jogar todas as cartados nos próximos anos para nos enganarem, mentirem e manipularem no quão bom será viver na Nova Ordem Mundial.
Para isso vão coarctar masi as nossas liberdades roubar-nos mais dinheiro em impostos e outras vias, criar mais caos político, económico e social. . . terrorismo encenado será de esperar, revoluções coloridas (revoluções enenadas pelos serviços secretos) escassez de bens diversos desde alimentos a energia a serviços vários.

Vão tentar: DIVIDIR-NOS, VERGAR A NOSSA VONTADE, TURBAR A NOSSA INTELIGÊNCIA, CRIAR O CAOS E O MEDO PARA NOS PÔREM DE JOELHOS. . .

Aí proporão a solução para os problemas que eles próprios criaram. . .uma governamentação mundial, colectivista e planificada. . . a solução final

Preparemo-nos para uma guerra longa e difícil. Mas que será tanto masi fácil de ganhar quanto mais rápido as pessoas abrirem os olhos para a Nova Ordem Mundial.

domingo, 3 de abril de 2011

Conhece o Inimigo : AL (CIA) QAEDA

Alex Jones já usou o termo ALCIA para indcar as conexões da CIA com a Al Qaeda.
Já postamos sobre este assunto aqui.

Neste vídeo AJ dá-nos uma perspectiva histórica desde Lawrence da Arábia, até aos ataques aos Sérvios - nos anos 90 - liderados pela Al Qaeda e Osama Bin Laden. A Sérvia foi em seguida bombardeada-- sob a presidência de Bill Clinton - e tiveram de ceder 1/3 do seu território aos rebeldes muçulmanos da Albânia.
Depois tivemos so ataques do 11 de Setembro. Hoje é do domínio público como os terroristas foram treinados em bases nos EUA. Também do domínio público é como após o início da guerra no Afeganistão militares Ingleses e Americanos capturaram milhares de rebeldes da Al Qaeda e foram obrigados a libertarem-nos para o Paquistão para começar a próxima onda de desestabilização.

AJ sublinha Al Qaeda é uma criação dos EUA, Ingleses, Israelitas e da Arábia Saudita e são usados em todo o mundo.

Anwar Al Awlaki-- agora o líder do grupo e que se tem encarregado dos últimos ataques terroristas  nos  últimos anos -- jantou no pentágono meses após o ataque do 11 de Setembro.

A isto adicione-se os rebeldes actualmente no médio orient controlados pelosserviços secretos dos referidos países.
Jones refere como antes Al Qaeda era o inimigo e agora é proposto pelos globalitas como sendo os bonzinhos. Os globalistas pensam que somos estúpidos e que não temos memória e Jones faz a comparação com o romance "1984" onde na distopia descrita se manipula o povo a acreditar que o que era a nação amiga passa a ser inimiga (ou vice-versa).

Esclareçe que também não é defensor de Kadaffi mas que este apesar de tudo estava a tentar construir uma África forte sem ligações à Nova Ordem Mundial e que o seu banco central não é detido pelo cartel de banqueiros internacionais. Razão porque o seu regime deve ser apeado


A Al Qaeda é o canivete Suiço da desestabilização e este grupo é uma das maiores vigarices de sempre.

Actualização do desastre em Fukushima: 2/04/2011

Zerohedge faz uma excelente análise da situação com as fotografias satélite e algums tiradas por drones (VANT= veículos aéreos não tripulados). E a situação é má. Na melhor das hipóteses está a semanas de se resolver, na pior estará a anos disso.

As consequências serão imediatas na economia pois o Japão enfrentará seíras consequências de baixa de produtividade e de uma população súbitamente doente e a morrer em sofrimento atroz. Também as consequências para a economia mundial serão devastadoras -- pelo menos enquanto estivermos sob o jugo dos banqueiros e deste sistema monetário.

No médio e longo termo o Homo Sapiens Sapiens pode estar a confrontar-se com o maior desafio à sobrevivência da espécie.

Se sobrevivermos estaremos mais fortes. Talvez até adaptados a níveis elevados de rdioactividade. . .mas isto já é especulação minha que em nada nos protege do perigo que se aproxima.

Mais aqui