Vídeos importantes

PROJECTO ESPACIAL SECRETO

terça-feira, 24 de abril de 2018

Alex Jones coloca a sua vida em risco ao denunciar o plano de ataques de falsa bandeira dos globalistas

Esta é uma comunicação de sábdo 21 de Abril. é uma comunicação muito emocional, e com informação muito dispersa e por vezes redundante, de que vamos fazer uma síntese, sendo que o contexto é o facto de Kim Jong Un estar disposto a assinar um acordo de desarmamento com Trump, mais o recente ataque de falsa bandeira a cidadão na Síria com gás.

Alex Jones afirma que os globalistas querem impedir o acesso a mercados livres, o nascimento de nacionalismos, e as pessoas terem influência nos seus governos.
O dinheiro que os globalistas usaram em grupos radicais islâmicos, nos media, em toda a propaganda de Holywood etc. . . não está a ter os efeitos que  desejavam.

Alex afirma que tem informações da CIA do FBI e de outras fontes desde há décadas e que estas fontes de informação têm-se tornado melhores à medida que o tempo passa.

Os informadores que tem da CIA são patriotas, alguns desses nomes surgem no show infowars (presumimos que Steve Pieczinick seja um deles) e outros nunca ouvimos falar. Estes informadores têm sido sempre fiáveis.

Entre estas fontes Jones cita como o plano de desestabilização da europa com invasão de muçulmanos tinha-lhe já sido contado há anos.  Essa desestabilização seria o pretexto para criar um exército europeu (AQUI) que pudesse dominar os países do leste que se revoltassem contra essa referida invasão islâmica, que se passa agora afirma Jones.


Afirma que diversos grupos que trabalha para a elite e que eram subsidiados pela China pela UE, pelo Vaticano, por grupos radicais islâmicos na Arábia Saudita, que os seus fundos têm vindo a ser cortados e estão em pânico com Trump. Daí que os globalistas começam a recorrer a soluções cada vez mais dramáticas para manterem o seu já bastante erodido poder.

AJ alerta que vários ataques terroristas de larga escala estão a ser preparados com diversos objectivos.

Um deles é que Trump não consiga o acordo com a Coreia do Norte que levaria a um apaziguamento naquela zona e em todo o planeta. Aliás o armamento que a Coreia do Norte possui foi fornecido em parte pela China e outra parte pelos EUA, pois convêm sempre ter nações que possam ser acusadas de ataques de falsa bandeira, e daqui já poderão verificar o plano malévolo destes psicopatas.

Então o objectivo é causar ataques terroristas nos EUA, Europa e Àsia que de algum modo possa depois ser ligado a Kim Jong Un e o Irão. Aqui Jones esclarece que não está a defender o Irão que não é um paíse perfeito mas que este é oplano para fazer descarrilar tudo e começar uma guerra maior.


AJ obteve esta informação por alguém num nível elevado no departamento do estado, e pelas 5 pessoas com nível de estatudo mais elevado na CIA, pelo Departamento de Justiça, por fontes ligadas a academias, desde há alguns meses atrás.

Na altura decidiu não dizer nada para não assustar as pessoas, contudo agora que está a ver que essa informação se está a desenrolar, que o Estado Profundo (Deep State, podemos traduzir para Português por Governo Sombra)  está desesperado, e embora as pessoas que lhe deram esta informação não sejam Deus e não saibam tudo, perguntam-lhe:
"Akex porque é que não estás a falar disto? Precisas de informar as pessoas que os ataques terroristas estão a chegar e vocês não têm que dar os vossos direitos a um estado policial, como o fariam Bush e Obama, encenando e deixando que acontecessem ataques terroristas; mas se chegar as pessoas têm de saber que se trata de fazer descarrilar a paz global." "E que as pessoas aceitassem o plano de governação global para resolver a guerra daí resultante".

Continua afirmando que embora tenha estudado muito História, desconhece tudo o que este plano envolve mas que pessoas inteligentes querem que ele nos avise,  não para nos assustarmos mas sim para termos poder, sabendo que os globalistas estão a preparar ataques terroristas maciços nos EUA para iniciar guerra com a Coreia do Norte, depois Irão, Síria , e que Trump está a ser pressionado pelo Estado Profundo para justamente iniciar a guerra com a Síria que será o gatilho para outras guerras.

AJ insiste que não devemos temer o terrorismo, devemos é estar conscientes de como é usado para nos retirar os nossos direitos.

E continua: Foi dito a Kim Jon Un, por indivíduos fora da presidência de Trump, há 3 meses : se não obedeceres ataques de Pulsos Electromagnéticos (em Inglês EMP, normalmente obtidos pela detonação de armas nucleares a grande altitude AQUI) seriam feitos em várias cidades como Nova Iorque, Los Angeles,  Riad e Londres.

NOTA: Os ataques com pulsos electromagnéticos podem ter a consequência de destruir a rede eléctrica do local onde forem feitos. Os prejuízos para a economia a segurança são óbvios.


Aqui Jones afirma que esta informação é super secreta e arrisca a vida para nos revelar estes dados. E continua:

Tal (Os ataques) causará centenas de biliões em prejuízos, revoltas nas populações e que daí uma nova guerra será iniciada com a Coreia do Norte, com a China e nessa altura o ocidente vai-te (A Kim Jong Un) destruir com bombas atómicas.

Elucida  que a Coreia do Norte foi sempre considerado um local estratégico para os globalistas para poder desencadear uma guerra na zona. E cita outro analista que tem a mesma perspectiva : Joel Skousen.
AJ esclarece também que não está a defender Kim Kong Un, que inclusivé foi treinado pela elite na Suiça tal como os seus antecessores. O próprio regime comunista na China, foi estrategicamente implementado pelos globalistas a fim de controlar o avô e o pai de Kim Jong Un.

E portanto o plano dos globalistas é continuar a e favorecer desestabilização e mais guerras porque é sua a crença que daí obterão mais poder.

Explica como tudo é complexo e desconhece os detalhes, mas que existem muitos patriotas no governo dos EUA que não desejam guerra, e sim resolver as coisas de modo pacífico.

Assim sendo se Trump se encontrar com Kim Jong Un para avançar com tratados de desarmanento -- contrário ao plano dos globalistas -- isso desencadeará o referido e supracitado planoque é encenar ataques nucleares ou ataques de pulsos electromagnéticos, a fim de poderem dizer que Trump fez este acordo mas afinal o que ele provocou foram estes ataques terroristas.

Insiste que não está a pretender dizer-nos que tem todas informações ou respostas, mas que é a informação que nos dá poder e vice versa. Acrescenta que estarão também envolvidos mais ataques explosivos  a escolas, universidades, a igrejas, a edifícios do estado, o uso de grupos como ANTIFA (Nota- abreviatura de Anti-Fascista. Trata-se na verdade de um grupo de pessoas subsidiadas por George Soros com objectivos puros de desestabilização)  a matar polícias a fim de também os intimidar.

https://www.youtube.com/watch?v=VFYhUD59Akk&pbjreload=10